Passar para o conteúdo principal

Identificação da substância

A identificação exata de uma substância é um pré-requisito para a maioria dos processos no âmbito do regulamento REACH, bem como noutros instrumentos de gestão de produtos químicos.

A identificação exata de uma substância permite a preparação eficiente e correta de registos conjuntos e garante a adequação dos dados de ensaio para a substância registada. Este processo conduz a uma avaliação sólida dos perigos e dos riscos da substância registada.

A identificação correta de uma substância permite ainda:

  • A partilha de informações, a fim de evitar ensaios em animais e custos desnecessários;
  • A utilização de dados de ensaio entre as empresas e o “read-across” num grupo de substâncias;
  • Verificar se uma substância está incluída na lista de substâncias sujeitas a autorização ou na lista de substâncias sujeitas a restrições, ou se tem uma classificação e rotulagem harmonizadas.

Em geral, a identidade de uma substância pode ser descrita através de:

  • Um nome químico, por exemplo benzeno;
  • Um número, por exemplo número CE 200-753-7, e
  • Uma composição química, por exemplo >99 % de benzeno e <1 % de tolueno.  A composição é determinada através da análise química.