Impacto COVID-19 emissões GEE

Políticas > Alterações Climáticas > Monitorização e Reporte > Impacto COVID-19 emissões GEE

O primeiro caso de COVID-19 em Portugal foi detetado em 2 de Março de 2020, e o Estado de Emergência foi decretado a 19 de março de 2020, o que determinou o encerramento e/ou redução de atividade em muitos setores. No entanto, muitas empresas, instituições públicas e cidadãos vinham já introduzindo medidas de distanciamento social que se traduziram numa redução de atividade que se foi fazendo sentir a partir de inícios de março, o que teve como uma das suas consequências uma redução das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) e outro poluentes atmosféricos do País.

A Agência Portuguesa do Ambiente tem realizado estimativas que apontam para uma redução dos níveis de emissão de GEE, dada a significativa redução de atividade, induzida pelas mencionadas medidas de prevenção e emergência no âmbito da resposta nacional à pandemia COVID-19.