Passar para o conteúdo principal

Sessão "Disponibilidade de Água e Alterações Climáticas"

Foi apresentado no dia 7 de dezembro o ponto de situação do estudo de Avaliação das disponibilidades hídricas atuais e futuras e aplicação do índice de escassez WEI+, iniciativa conjunta com a academia e especialistas nacionais.

Entre os principais efeitos das alterações climáticas está o aumento, quer da temperatura média global, quer da frequência e intensidade dos fenómenos climáticos extremos, tais como cheias e secas.

A APA executa competências de gestão dos recursos hídricos e de combate às alterações climáticas, através do planeamento, licenciamento, monitorização e implementação de medidas que promovam, tanto o bom estado das massas de água, como a adaptação à emergência climática. A concretização dessa missão exige o desenvolvimento de estudos que permitam conhecer que água temos, a que já usamos e a que vamos ter no futuro.

O estudo, que reunirá os principais especialistas na matéria, visa:

  • determinar, com a melhor informação disponível, a quantificação das disponibilidades hídricas atuais e futuras, em regime natural e modificado, em ano húmido, médio e seco;
  • caracterizar os usos, consumos e necessidades de água, dado que é um pré-requisito essencial para uma adequada gestão atual e futura dos recursos hídricos tanto superficiais como subterrâneos;
  • determinar o índice de escassez WEI+ por sub-bacias;
  • avaliar a evolução das disponibilidades hídricas face a cenários de alterações climáticas para definição de uma abordagem metodológica que garanta a necessária coerência de resultados entre os diversos instrumentos de planeamento e a gestão dos recursos hídricos.

Assista à sessão no canal de YouTube da APA.