Skip to main content

Para garantir que a medição de um poluente efetuada num determinado local e num determinado período seja comparável com as medições efetuadas em períodos diferentes e em outros locais de medição, os métodos usados para medir o mesmo poluente têm que ser equivalentes e respeitar critérios de garantia e controlo de qualidade.

Estão estabelecidos métodos de medição de referência a usar na avaliação da concentração de cada poluente, bem como a metodologia para demonstração de equivalência ao método de referência de outros métodos, a qual terá que ser aprovada pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), no âmbito das suas competências de Laboratório Nacional de Referência (LRN).

As normas que estabelecem os métodos de medição incluem também os requisitos de controlo e garantia de qualidade a respeitar, estando ainda previstos mecanismos para avaliar o respeito pelos critérios estabelecidos, nos quais o Laboratório de Referência Nacional da APA (LRN) desempenha um importante papel.

O sistema de informação Qualar, para além dos resultados da avaliação da qualidade do ar, no conjunto de informação que caracteriza as estações das redes de medição em operação em Portugal inclui a referência aos métodos de medição usados na medição de cada um dos poluentes.