Skip to main content

Passagem Para Peixes do Açude - Ponte de Coimbra

A Passagem Para Peixes do Açude-Ponte de Coimbra, inaugurada no final de 2011, foi construída com o objetivo de facilitar a circulação das espécies piscícolas migradoras que ocorrem no rio Mondego, contribuindo assim para a conservação das espécies e para a reabilitação de um troço cuja continuidade fluvial estava condicionada devido à existência do Açude.

O dispositivo de passagem agora existente veio substituir a passagem para peixes original, considerada ineficaz.

A nova infraestrutura foi construída pela APA, a qual é também responsável pela sua gestão e pelo acompanhamento dos trabalhos de manutenção e monitorização necessários ao adequado funcionamento da passagem.

Desde a sua operacionalização, a Passagem Para Peixes tem sido alvo de rigorosos trabalhos de monitorização, vocacionados para a avaliação da adequação do dispositivo às espécies piscícolas consideradas como potenciais utilizadores da mesma.

Os resultados obtidos até ao momento permitem concluir que a Passagem Para Peixes de Coimbra é uma infraestrutura multiespecífica, sendo utilizada por um grande número de espécies. Após dois anos de monitorização contínua da passagem, foi registada a utilização desta infraestrutura por mais de três milhões de peixes.