>

A segurança de barragens constitui um motivo de preocupação para a sociedade, devido aos riscos potenciais para as pessoas e bens localizados nos vales a jusante, face à possibilidade, embora remota, de ocorrência de roturas daquelas obras.

    

O estabelecimento e cumprimento escrupuloso de regras de exploração e de programas de inspeção, observação e manutenção, bem como a definição de planos de atuação em casos de emergência, tornam-se fundamentais.

Aos Donos de Obra e aos seus responsáveis técnicos cabe um papel central no cumprimento dos normativos de segurança de barragens.

Às Autoridades de Segurança cabe fiscalizar e controlar a aplicação dessa regulamentação.

Para que as atividades de segurança sejam exercidas de forma eficaz, é ainda indispensável que exista uma consciencialização dos problemas de segurança e das suas implicações e uma qualificação técnica adequada dos agentes envolvidos.