Balanço Social

Instituição > Instrumentos de Gestão > ex-ARH Tejo > Balanço Social

O Balanço Social, instrumento de planeamento e de gestão de recursos humanos, foi institucionalizado para os organismos autónomos da Administração Pública, através do Decreto-Lei n.º 155/92, de 22 de julho - que define o Regime de Administração Financeira do Estado -, e tornado obrigatório, em 1996, para todos os serviços e organismos com 50 ou mais trabalhadores, através do Decreto-Lei n.º 190/96, de 9 de outubro.

 

  • Balanço Social de 2010

O Balanço Social de 2010 foi remetido ao Gabinete da Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAOT), à Secretaria-Geral do MAOT e à Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público. Foi também divulgado a todos os trabalhadores do serviço a 4 de abril de 2011.

 

  • Balanço Social de 2009 

 O Balanço Social de 2009 foi remetido ao Gabinete da Ministra do Ambiente e do Ordenamento do Território (MAOT), à Secretaria-Geral do MAOT e à Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público, bem como divulgado a todos os trabalhadores do serviço a 19 de abril de 2010.

 

  • Balanço Social de 2008 

Não obstante a ARH do Tejo, I. P. ter iniciado o seu funcionamento em 1 de outubro de 2008, procedeu-se à elaboração do Balanço Social referente ao ano de 2008, o qual, nos termos e para os efeitos previstos no artigo 4.º do citado Decreto-Lei n.º 190/96, de 9 de outubro, foi remetido ao Gabinete do Ministro do Ambiente, do Ordenamento do Território e do Desenvolvimento Regional (MAOTDR), à Secretaria-Geral do MAOTDR e à Direcção-Geral da Administração e do Emprego Público, bem como divulgado a todos os trabalhadores do serviço.