Época Balnear 2018

Divulgação > Época Balnear 2018


Foi publicada a Portaria n.º 118-A/2018, de 2 de maio, que procede à identificação das águas balneares para o ano de 2018 bem como à qualificação, como praias de banhos, das praias marítimas e das praias de águas fluviais e lacustres, que procede à identificação das águas balneares, à qualificação, como praias de banhos, das praias marítimas e das praias de águas fluviais e lacustres, em território nacional e à fixação das respetivas épocas balneares para o ano de 2018.

 

Na barra lateral esquerda pode escolher uma região para consultar informação sobre as águas balneares identificadas nomeadamente os Perfis de Águas Balneares que contêm a sua caracterização.

 
A segurança depende em primeiro lugar de cada um dos banhistas que deverá observar a informação e sinalética existente nas praias. Deve seguir sempre as instruções dos nadadores salvadores e frequentar os locais com controlo da qualidade da água.
 

Para mais informação sobre águas balneares, nomeadamente os resultados das análises relativos às campanhas da época balnear 2018, consulte a página do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos - SNIRH aqui.

 

Interdições Permanentes da Prática Balnear

Na época balnear de 2018, “ZEBREIROS – PTCE7N” e “MERELIM S. PAIO – PTCT3U” não foram identificadas como águas balneares, na sequência da classificação de qualidade “má” obtida em 2017 e devido ao risco para a saúde dos banhistas. Neste contexto, a Delegada de Saúde Regional do Norte emitiu uma interdição permanente da prática balnear. Esta interdição permanente terá a duração, pelo menos, de uma época balnear, até que exista uma garantia sustentada de melhoria da qualidade da água para fins balneares.

 

Comunicados Conjuntos

Os Comunicados Conjuntos resultam da colaboração entre o Instituto de Socorros a Náufragos a Direção-Geral da Saúde e a Agência Portuguesa do Ambiente, I.P.

São constituídos por duas partes e têm como objetivo informar e alertar o público para as questões da segurança dos banhistas (Parte I) e da qualidade das águas balneares (Parte II). A Parte I é da responsabilidade do Instituto de Socorros a Náufragos e a Parte II da responsabilidade da Direção-Geral da Saúde e da Agência Portuguesa do Ambiente, I.P.

 
Período a que se refere Parte I Parte II
Maio Segurança dos banhistas Qualidade da água
Junho Segurança dos banhistas Qualidade da água
Julho Segurança dos banhistas Qualidade da água 
Agosto Segurança dos banhistas  Qualidade da água 
Setembro Segurança dos banhistas Qualidade da água