Património do Tejo

Divulgação > Projetos > Ações de Divulgação e Debate > Património do Tejo

1.ª sessão: Casa das Artes e Cultura de Vila Velha de Ródão - 1 de Julho de 2010

Tejo é sinónimo de património.

Sabendo que património é definido como um bem material, natural ou imóvel que possui significado e importância artística, cultural, religiosa, documental ou estética para a sociedade, o Tejo tem associada uma dimensão patrimonial incomensurável. Foi sobre este tópico que a ARH do Tejo I.P. e a Sociedade de Geografia de Lisboa promoveram em Vila Velha de Rodão, na Casa das Artes e Cultura, uma Sessão Debate.

 

 Apresentações 

José Bastos Saldanha

Tejo: Património da Humanidade, um sonho

Galopim de Carvalho - Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Património Geológico-Geomorfológico do rio Tejo

Fernando Catarino - Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
Biodiversidade no Tejo

João Oliveira e Teresa Ferreira - Instituto Superior de Agronomia
Comunidades aquáticas e qualidade ecológica da rede fluvial do Tejo

Ilídio Moreira e José Carlos Costa - Instituto Superior de Agronomia
Valores patrimoniais florísticos da bacia do Tejo

João Rabaça - Universidade de Évora
Valores faunísticos da bacia do Tejo

Guilherme Cardoso - Assembleia Distrital de Lisboa
O rio Tejo na época romana

António Nabais - Associação Portuguesa de Museologia

Tejo: Património cultural

Alexandre Cancela de Abreu - Universidade de Évora
Património Paisagístico

 

 Programa 

Cartaz da sessão de debate sobre o Património do Tejo (1 Julho 2010)

 

2.ª sessão: Auditório da Sociedade de Geografia de Lisboa - 24 de Setembro de 2010

A ARH do Tejo, I.P. e a Sociedade de Geografia de Lisboa voltaram a promover, no dia 24 de setembro de 2010, uma sessão debate sobre o Património do Tejo. Depois do sucesso do evento realizado a 1 de julho na Casa das Artes e Cultura de Vila Velha de Ródão, o valor patrimonial do maior rio da Península Ibérica voltou a ser debatido, desta vez no Auditório da Sociedade de Geografia de Lisboa.

Divulgar o património do Tejo continua a ser um objetivo da ARH do Tejo, I.P. e da Sociedade de Geografia de Lisboa. Nesta sessão, e na sequência do debate realizado em julho sobre o património histórico e natural do rio, voltámos a dar a conhecer o Tejo abordando temas como a música, a literatura, as artes e as tradições.

 

 Apresentações 

Margarida Cardoso da Silva - Laboratório Nacional de Engenharia Civil

O rio Tejo. Olhar o passado com olhos do futuro

Carlos Sousa Reis - Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa
A pesca e a apanha no Tejo

Fernando Bouza da Costa - KTL – Arquitectura e Construção
Aldeias avieiras – requalificação da aldeia da Palhota

Fernando Carvalho Rodrigues - NATO Science for Peace and Security Programme – Human and Societal Dynamics Panel
Guerrilheiros do Tejo - uma história com seiscentos anos mais mil

António Carmona Rodrigues - Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, DHV
Sáveis e contentores. Ambiente e energia. Navegar é preciso

Carlos Cupeto - ARH do Tejo, I.P., Universidade de Évora
Turismo para todos

Luís Mota Figueira - Instituto Politécnico de Tomar
Turismo: o rio Tejo como recurso inspirador

 

 Programa 

cartaz