Desenvolvimento Sustentável

Políticas > Desenvolvimento Sustentável

A preocupação com o estado do ambiente no planeta manifestou-se pela primeira vez, ao mais alto nível, em 1972 aquando da Conferencia das Nações Unidas Sobre o Ambiente Humano (CNUAH), realizada em Estocolmo e da qual resultou a criação pela Assembleia Geral das Nações Unidas, do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA).

Dos trabalhos desta conferência nasceu a Declaração do Ambiente que no seu Princípio 1º afirma que o homem tem direito a viver "num ambiente cuja qualidade lhe permita viver com dignidade e bem-estar, cabendo-lhe o dever solene de proteger e melhorar o ambiente para as gerações atuais e vindouras".

Em 1983, o Secretário Geral das Nações Unidas solicitou à Senhora Gro Harlem Brundtland, primeira-ministra da Noruega, que instituísse e presidisse a uma comissão especial independente que elaborasse um relatório sobre ambiente e desenvolvimento. Surgiu assim a Comissão Mundial para o Ambiente e Desenvolvimento (CMAD).
A CMAD foi criada com objetivo de:

  • Reexaminar os problemas ambientais e do desenvolvimento e definir propostas de ação inovadoras, concretas e realistas para os remediar;
  • Reforçar a cooperação internacional nos domínios do ambiente e do desenvolvimento;
  • Aumentar o nível de compreensão e de compromisso sobre a questão ambiental e o desenvolvimento, por parte dos governos, dos indivíduos, das instituições, das organizações e das empresas;

O Relatório Brundtland foi apresentado em 1987.

Brundtland define Desenvolvimento Sustentável como um modelo de desenvolvimento que "responda às necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras darem resposta às suas próprias necessidades".

Como resultado dos trabalhos da CMAD ficou definitivamente assumido que ambiente e desenvolvimento são questões inseparáveis.

Encontre aqui as Declarações das principais Conferências sobre Desenvolvimento Sustentável:
Declaração de Estocolmo – 1972
Declaração do Rio – 1992
Declaração de Joanesburgo – 2002
Declaração do Rio - 2012