Rio Tejo ganha cinco novos Vigilantes da Natureza

Realizou-se, no dia 4 de setembro, no Parque Tejo, em Abrantes, a sessão pública de apresentação de cinco novos Vigilantes da Natureza, que contou com a presença do Ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Matos Fernandes.


A contratação destes profissionais constitui mais um passo importante na implementação do Plano de Ação Tejo Limpo, que tem como principal objetivo restabelecer a qualidade de água no Tejo.

Os vigilantes da natureza agora contratados desempenharão funções essenciais de vigilância, fiscalização e monitorização relativas ao Ambiente e aos recursos naturais, em especial no domínio hídrico, desenvolvendo, ainda, ações de formação e de sensibilização dos utilizadores do rio Tejo.

Para tal disporão de um vasto número de novos equipamentos de monitorização e análise, uns instalados no meio hídrico e outros portáteis, que juntamente com os já existentes, permitirão abarcar territorialmente o curso principal do rio Tejo, bem como os seus afluentes. Serão equipados com fardamento completo e adequado ao terreno, condições aquáticas e às extremas e tão opostas condições de temperatura, de Inverno e Verão, bem como serão apetrechados de meios tecnológicos modernos, para registo de ocorrências, comunicação e reporte (tablets, smartphones e hotspots), estando o seu trabalho diário ligado, em tempo real, à Plataforma Eletrónica Única de gestão do rio Tejo.