Estratégia Europeia sobre Plásticos

Estratégia Europeia sobre Plásticos

A primeira grande Estratégia Europeia sobre Plásticos foi adotada a 16 de janeiro de 2018 pela Comissão Europeia e faz parte da transição da Europa para uma ampla economia circular e contribuirá para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, os compromissos climáticos globais e os objetivos da política industrial da União Europeia.

Por ano, a Europa produz cerca de 58 milhões de toneladas de plástico e Portugal contribuiu com quase 370 toneladas (1), uma média de 31kg por pessoa (2), valor acima da média europeia.


O uso dos plásticos distribui-se da seguinte forma:

 

- 40%       embalagens

- 22,5%     bens de uso doméstico e de consumo

- 20%        edifícios e construção

- 9%          automóveis e camiões

- 6%          equipamento elétrico e eletrónico

- 3%          agricultura

(1) Dados da Eurostat

(2) Dados da PlasticsEurope

 

 

Desde 15 de fevereiro de 2015 passou a ser aplicável, em Portugal continental, uma contribuição sobre os sacos plásticos leves (geralmente usados para compras) com o objetivo de reduzir o consumo deste tipo de sacos e aumentar a utilização de alternativas mais sustentáveis, como os sacos reutilizáveis.


Por minuto são utilizados cerca de 1 milhão de sacos de plástico leves no mundo e usados apenas por 25 minutos. No lixo misturam-se com o resto dos resíduos e acabam nos aterros ou no ambiente, onde podem permanecer mais de 300 anos. Em terra e no mar asfixiam e são ingeridos pelos animais, reduzindo a biodiversidade e entrando na nossa cadeia alimentar.

 

Depois dos cigarros, os sacos de plástico são o 2º resíduo mais encontrado no mar.

Já pensou como pode ajudar?

Inspire-se neste vídeo!

Para mais informações e material gráfico e audiovisual produzido pela Comissão Europeia sobre esta estratégia, clique aqui.

 

#ReadyToChange?
#BeatPlasticPollution
#PlasticsStrategy